Bebelier: Nova plataforma de cervejas artesanais quer inovar no modelo de vendas

Publicidade
Nova plataforma de comércio online Bebelier oferece flexibilidade entre modelo de assinatura e compras isoladas para levar preços competitivos ao consumidor

Os hábitos de consumo em 2020 estão passando por mudanças profundas com a aceleração das compras online em diversos mercados e as bebidas alcoólicas não ficaram de fora disso, chegando a apresentar um crescimento de 800% segundo publicação da revista Época.

Os sócios Francisco Neto, Juliano Carone, Pedro Meneghetti e Rafael Borges enxergaram uma oportunidade de atender essa demanda crescente e apresentar melhores preços para o consumidor criando a plataforma de venda online de cervejas artesanais Bebelier.

Publicidade

A plataforma busca facilitar financeiramente o acesso dos consumidores a uma seleção de cervejas artesanais nacionais e importadas através de um modelo de vendas mais flexível, permitindo que o consumidor avalie a possibilidade de compra através de dois formatos.

A Bebelier oferece uma anuidade (R$ 250,00) que pode ser parcelada em 3 vezes. A anuidade possibilita a compra de cervejas no momento e na quantidade que o cliente quiser pagando apenas o seu preço de custo para recebê-las em casa. Quem optar por não pagar a anuidade também poderá comprar as cervejas da loja, mas pelo seu preço de mercado.


Leia mais:

Zé Delivery vendeu mais em dois meses de 2020 do em 2019 inteiro


Ekäut Cervejaria se expande na crise através de franquias digitais


O modelo apresentado pela plataforma é uma iniciativa que busca apresentar uma forma diferenciada de aquisição de cervejas pela internet, mercado que provavelmente deve ganhar novos exemplos num futuro breve dado a aceleração da adoção de uma parcela cada vez maior do público por compras online.

A ideia de criar o Bebelier surgiu no final de 2019, quando os sócios reuniram os conceitos de uma operação de “atacarejo” para aproximar ainda mais os consumidores de seus produtos favoritos, fazendo, então, o projeto tomar forma.

Um dos grandes desafios da venda online de cervejas artesanais está em combinar uma plataforma atraente e que facilite a navegação pela grande diversidade de produtos com uma estrutura logística eficiente e que não comprometa a competitividade do preço de venda.

“Quando começamos a estruturar o Bebelier chamamos o Juliano para juntar-se ao grupo tornando o protótipo ainda mais robusto colaborando no investimento e estrutura logística. Uma grande sinergia transformada em sociedade”, afirma Pedro.

Os responsáveis pelo novo negócio já carregam uma experiência importante no universo das artesanais. Em 2011, eles criaram o pioneiro Have a Nice Beer, clube que solidificou e impulsionou o cenário e consumo de cervejas artesanais no Brasil.

Um dos pontos enxergados pelos criadores da plataforma, que consideram adequada ao cenário atual da cerveja, é a proposta do Bebelier também contribuir para uma nova realidade dentro desse universo, participando ativamente de um processo de democratização.

“O Brasil todo será atendido pelo Bebelier que terá como foco tanto os iniciantes quanto os iniciados no universo das cervejas artesanais, atendendo não só aqueles que anseiam por recomendações certeiras para começar a formar e o seu próprio paladar mas também aqueles que já sabem o que querem mas estão cansados de pagar um caminhão de dinheiro para tomar cervejas boas” finaliza Francisco.

Receba semanalmente o melhor conteúdo sobre o mercado de cerveja

Sobre o autor

Felipe Freitas é engenheiro químico, mestre em Gestão da Inovação pela EQ/UFRJ
Sommelier e especialista em marketing de cervejas