Brahma irá distribuir celulares para foliões no carnaval 2024

Publicidade
Brahma promoverá ação de marketing distribuindo celulares para que o público aproveite a festa deixando o celular pessoal em casa

A marca Brahma da Ambev irá distribuir telefones celulares durante o carnaval de 2024 como forma de ajudar foliões a aproveitar a festa sem a preocupação com perdas, roubos ou furtos.

O chamado Brahma Phone será distribuído nas cidades do Rio de Janeiro e Salvador e terá apenas aplicações básicas instaladas

Continua após a Publicidade

Segundo a Brahma, os dispositivos que serão distribuídos têm características descartáveis e são uma espécie de “celular do bandido”. Os aparelhos são uma versão modificada do modelo Positivo Twist 5, com grande parte de seus recursos já básicos cortados. 

Em resumo, o celular permite apenas ligações, mensagens SMS e aplicativo de transporte. Ele ainda traz GPS integrado para facilitar na localização, e câmera com “apenas 8 MP”. As funções foram agregadas em uma interface simplificada.


Leia mais:

A ascensão da qualidade do lúpulo brasileiro


O que esperar do mercado de cerveja em 2021


No total, serão 800 aparelhos distribuídos, sendo possível ainda trocar 150 pontos do Zé Compensa por uma unidade do celular.

A Ambev tem fortalecido a marca Brahma nos últimos anos fazendo ligações da mesma a eventos e festividades como o carnaval. A criação de extensão da família da marca com a Brahma Duplo Malte foi um dos grandes sucessos recentes da cervejaria compondo uma fatia importante de seu faturamento.

Além de Brahma o carnaval será utilizado pela Ambev para ativação do Zé Delivery, sistema de entregas da companhia que estará destacado na atuação de ambulantes em cidades onde a gigante será a cervejaria oficial do carnaval.

O Zé Delivery desde o período pandêmico da Covid-19 tem se consolidado como um canal de vendas cada vez mais relevante para o faturamento da cervejaria, que tem buscado de forma estratégica ampliar sua atuação.

Receba semanalmente o melhor conteúdo sobre o mercado de cerveja

Publicidade
Publicidade

Sobre o autor

Felipe Freitas é engenheiro químico, mestre em Gestão da Inovação Tecnológica pela EQ/UFRJ e analista do mercado de cervejas.