Brewstone: o novo brewpub de Fortaleza criado por casal de chefs

Concebido por casal de chefs com experiência internacional, novo brewpub de Fortaleza (CE) ganha vida nesta quarta-feira.

Ao responder nossa primeira ligação Carolina Veras já transparece o espírito necessário para se tirar um brewpub do papel “Já te ligo de volta, estou na prefeitura para retirada do alvará.”

Agora, cerca de um mês depois da ligação, além de possuir alvará, seu novo empreendimento está pronto para receber os primeiros clientes. Trata-se do Brewstone Pub, o novo brewpub que será inaugurado em Fortaleza capital do Ceará nesta quarta-feira (17/04).

Leia também: O que esperar do mercado de cervejas no Brasil em 2019

O restaurante-cervejaria é um projeto que Carolina, nascida no Ceará e seu marido irlandês Jeremy Starret, ambos chefs com experiência internacional, planejaram para unir o mundo da gastronomia ao da cerveja produzida no próprio local.

O planejamento do Brewpub

Carolina, que cursou gastronomia em São Paulo, conheceu Jeremy num período que estudou na França. Juntos ganharam experiência internacional em hotéis e restaurantes em lugares como Bélgica, China, Nova Iorque e Londres, ao final vindo de volta ao Brasil para a cidade de São Paulo.

“Voltamos ao Brasil e montamos uma empresa de eventos, enquanto planejávamos a abertura de um restaurante nosso. Inicialmente ele seria em São Paulo, e pouco tempo depois decidimos agregar uma produção de cerveja própria a ele.”

Em visitas e conversas no Ceará, terra natal de Carolina, o casal optou por uma mudança de planos. “Conversando com amigos e pessoas locais percebemos que o projeto teria mais potencial e se desenvolveria melhor em Fortaleza, daí começamos nossa jornada em busca de um local.”

Leia também: Cena de brewpubs no Rio de Janeiro ganha importante representante

Após inúmeros locais visitados o lugar ideal para o Brewstone foi encontrado. Um terreno no bairro Parque Manibura, local residencial da cidade. “Havia uma disputa grande pelo terreno no momento, tivemos que ser bem rápidos.”

A fundadora do brewpub destaca que é necessário persistência para retirada de documentos legais necessários à abertura do brewpub, mas ressalta um ponto que auxiliou as tomadas de decisão “Logo no início fizemos questão de conhecer o funcionário do MAPA (sigla do Ministério da Agricultura) da região e comunicamos que queríamos abrir a cervejaria, isso nos ajudou desenvolver o projeto observando as particularidades da licença do órgão.”

“Em alguns dos outros órgãos foi necessário paciência para poder explicar o conceito do que é uma cervejaria de pequeno porte para transcorrermos com as licenças necessárias” complementa a chef.

No total o planejamento do empreendimento durou 3 anos, somando-se a isso mais um ano para construção do brewpub.

Merece destaque a estratégia de pré-lançamento do Brewstone nas suas mídias sociais que se mostrou muito acertada.
“Esta ação foi extremamente importante. Uma coisa que nós ressaltamos desde o início era que queríamos seguidores orgânicos no nosso instagram e expusemos isso para a equipe que cuida da nossas mídias. Decidimos lançar um vídeo brincando com o sotaque do Jeremy. Foi um vídeo simples que deu um resultado absurdo e a rede social se alavancou sozinha” declara Carolina.

A área de serviço e de produção do brewpub

Carolina continua “Pensamos num lugar que atraia o público local, temos famílias e casais jovens nessa região. Pensamos em fazer um local acessível e atraente para eles.”

A parte externa do brewpub destaca grafites do artista local Rodolfo Buz, e ajuda a criar o clima do lugar.

O Brewstone conta com uma área de cerca de 490 metros quadrados de construção. O espaço para serviço de clientes oferece diferentes ambientes. Um salão interno com espaço para apresentações ao vivo, um terraço com vista para região e ainda um biergarten com mesas comunitárias para uma experiência ao ar livre.

Leia também: Cena de brewpubs no Rio de Janeiro ganha importante representante

Na parte gastronômica foi valorizada também o conceito artesanal do empreendimento. A casa conta com horta própria para utilização de ingredientes o mais frescos possíveis e também um defumador para produção de carnes e embutidos defumados no local.

As cervejas serão servidas a partir de 25 torneiras, 15 delas dedicadas a cervejas frescas produzidas no próprio Brewstone e outras 10 abertas para cervejarias convidadas que no lançamento terão representantes cearenses como a 5 Elementos e a Luzterr.

A parte de produção da cervejaria conta com cozinha bibloco de 250 litros e um conjunto de 5 tanques de 500 litros na adega de fermentação. “Estamos mirando numa produção de 3 mil litros mensais” comenta Carolina.

O Brewstone é um grande exemplar do conceito que deve se popularizar em diversos locais do Brasil e que traz o conceito do “Beba local” para seu expoente máximo, agregando uma perspectiva de consumo de cerveja ainda muito nova para o público brasileiro.

Brewtone Pub Artesanal
Rua Marvin, 1060 – Parque Manibura, Fortaleza – CE

Fique online com nossas publicações. Curta nossa página no Facebook!

Sobre o autor

Felipe Freitas é engenheiro químico, mestre em Gestão da Inovação pela EQ/UFRJ
Sommelier e especialista em marketing de cervejas