Paulaner: Novas embalagens da marca alemã chegam ao Brasil

Publicidade
Paulaner revisa todo o visual de suas embalagens e nova identidade chega ao Brasil através da importadora Casa Flora

Renovar a identidade visual de uma marca histórica como a cervejaria alemã Paulaner. É necessário uma combinação de não alterar elementos fundamentais que transmitam a sua história, mas ao mesmo tempo posicionar a marca dentro de um mercado que está em constante mudança a nível global.

A agência Higgins Design foi a responsável por buscar este o equilíbrio certo entre manter as coisas que são vitais para a marca, enquanto encontra uma maneira nova e moderna de trazê-la à vida.

Continua após a Publicidade

Toda as embalagens da Paulaner ganharam um novo visual – desde o design do rótulo até as latas – e houve também atualização de todas as embalagens secundárias da marca. 

Os valores tradicionais foram combinados com elementos de design moderno para criar um efeito renovado nas prateleiras. A partir do octógono e sem sentido, foi desenvolvida uma nova forma de marca individual, inspirada nas onipresentes placas de rua típicas de Munique. Outro exemplo, a ilustração tradicional, mas popular e conhecida, do beer garden, que estava desatualizada, foi retrabalhada sem perder fidelidade à tradição.


Leia mais:

Lagunitas lança sua primeira IPA sem álcool


O que esperar do mercado de cerveja em 2021


“Em tempos de complexidade e incerteza, as pessoas tendem a voltar a produtos e comportamentos comprovados. Tradição e herança prometem qualidade. A emocionalidade certamente desempenha um papel importante. Portanto, substituímos a silhueta monocromática do centro da cidade Munique por uma rica ilustração gravada e detalhada, que agora é mais reconhecível.” declarou a Higgins Design em uma publicação oficial sobre o projeto de atualização da identidade visual da Paulaner

Antiga identidade visual (esq.) e nova identidade (dir.) para a Paulaner Münchner Hell

“A moldura curva substitui a forma octagonal e as medalhas tradicionais deixam a impressão positiva perfeita. Como em toda a gama de produtos, o rótulo é dominado pela marca comercial central, o que torna desnecessária uma inscrição adicional como a que havia anteriormente.” complementou a empresa sobre o trabalho

Renovação de visual ocorre em momento desafiador para a Paulaner

O visual dos produtos da Paulaner que chegam ao Brasil também foram renovados, mas seguem uma identidade dedicada a exportações, diferente da presente na Alemanha. Nela o o nome Paulaner ganha destaque, as garrafas de vidro também tem o nome da marca em alto relevo e possuem design distinto do padrão alemão.

A parte gráfica ganhou cores mais intensas para que o produto possua destaque frente a diversidade de cervejas artesanais que aumentaram seu apelo junto a um público mais jovem em diversos países.

Novas latas da Paulaner destinadas ao mercado brasileiro

As novas embalagens da Paulaner já estão presentes em pontos de venda no Brasil através d distribuição de sua sua importadora oficial para o país, a empresa Casa Flora. As cervejas da Paulaner estão presentes desde pontos de venda especializados até supermercados e atacarejos, cobrindo uma variedade de público bastante extensa.

Uma das novidades da marca, dentre os produtos que passaram a ser importados para o Brasil, é a Paulaner Lemon Radler que combina a cerveja com suco de limão uma tradição nascida no início do século XX na região alemã da Baviera.

Com atividades que datam desde 1634, a Paulaner, assim como outras cervejarias tradicionais de Munique, sofreram muito em 2020 devido a pandemia da Covid-19 com o cancelamento da Oktoberfest e os fechamentos temporários e restrições de seus bares e restaurantes próprios, que levaram a empresa a perder 13,2% de suas vendas anuais em comparação com 2019.

A marca Paulaner pertence a Paulaner Brauerei Gruppe GmbH & Co. KGaA.  que possui 70% de propriedade da alemã Schörghuber e 30% da holandesa Heineken International BV.

Receba semanalmente o melhor conteúdo sobre o mercado de cerveja

Publicidade
Publicidade

Sobre o autor

Felipe Freitas é engenheiro químico, mestre em Gestão da Inovação pela EQ/UFRJ
Sommelier e especialista em marketing de cervejas