Cidade de Pinhais (PR) ganha a nova cervejaria Monkeys Bera

Publicidade
Cervejaria Monkeys Bera é inaugurada na região metropolitana da capital do Paraná com unidade de produção de 7 mil litros por mês e bar da fábrica.

A cidade de Pinhais no Paraná, ganha mais uma cervejaria, a Monkeys Bera, aumentando para sete o número de cervejarias que integram a rota da Cerveja de Pinhais, localizada na região metropolitana de Curitiba.

Curitiba (e região) concentra grande parte da produção de microcervejarias brasileiras com 33 unidades de produção. A cidade de Pinhais que faz parte desta região conta com o apoio da prefeitura para um roteiro turístico com as cervejarias locais e tem crescido o número de fabricantes que se instalam no município.

Publicidade

A Monkeys Bera nasceu da ideia de dois amigos, Adriano Furlaneto Mateus  e Diogo Adzgauskas Perucio, que em 2011 tiveram seus primeiros contatos com cervejas artesanais e desde então se questionaram sobre a possibilidade de um dia começarem uma produção comercial

O entuasiasmo levou a diversos testes e aprendizados como cervejeiros caseiros , até que em 2017 formalizaram a instalação de uma nanocervejaria num barracão na cidade de Colombo (PR), iniciando a trajetória comercial da Monkeys Bera. Pouco tempos depois a cervejaria ganhou a entrada de mais um sócio, Rafael Manfra.


Leia mais:

Bar tradicional de Belo Horizonte investe em microcervejaria própria


Com o crescimento da cervejaria houve necessidade de redesenho de seu Plano de Negócios que decidiu pela mudança de lugar da cervejaria. Depois de muitas reuniões, orçamentos, visitas técnicas em fabricas acharam um novo local, desta vez em Pinhais-PR, onde funcionava uma antiga retifica de motores, foi feita uma transformação total para que o local se tornasse a nova instalação da Monkeys Bera, uma cozinha triblock com capacidade de 1.000 litros e adega para fermentação/maturação de 7.500 litros por mês.

Sala de brassagem da Monkeys Bera em Pinhais (PR)

Embora a montagem da unidade de produção tenha tido seu cronograma mantido à risca, já o cumprimento dos trâmites legais – licenciamento com a prefeitura, alvará do corpo de bombeiros e certificação pelo MAPA, tomaram mais tempo que o esperado.

O fato retardou um pouco o início oficial das atividades da Monkeys Bera no novo espaço, porém permitiu que durante esse tempo o trio cervejeiro continuasse a executar suas experimentações brassando e testando na panela novos estilos de suas chamadas beras.

Atualmente são produzidas cervejas nos estilos Ipanzé (IPA), GorilAPA (APA) , LAGERbuino (American Lager), Hopp Weiss, New England IPA, Oatmeal Stout, Red Ale e Sour com Morango.

O nome da cervejaria – Monkeys Bera – está ligado ao carinhoso apelido de “Macaco” que acompanha Adriano desde sua infância. O logo da marca recaiu sobre um chipanzé, remetendo ao espírito jocoso e o bom humor do fundador, devidamente equipado com óculos de aviador que lhe permite plainar sobre “o universo das inigualáveis beras artesanais da Monkeys”.

Receba semanalmente o melhor conteúdo sobre o mercado de cerveja

Sobre o autor

Felipe Freitas é engenheiro químico, mestre em Gestão da Inovação pela EQ/UFRJ
Sommelier e especialista em marketing de cervejas