Sátira investe em destilados e expansão de casas fora de MG

Publicidade
Sátira passa a investir além da cerveja investindo em três tipos de destilado diferentes no varejo e anuncia expansão fora de MG.

O Grupo mineiros Sátira já há algum tempo diversificou sua produção de bebidas para além da cerveja, passando a também incluir destilados para atendimento de sua rede de bares e restaurantes próprios.

O grupo ampliou recentemente sua estratégia de chegada ao consumidor passando a vender seu destilados no varejo. Além disso a marca está preparando suas primeiras casas próprias fora do estado de Minas Gerais

Continua após a Publicidade

Fundada em Nova Lima (região metropolitana de BH) como uma cervejaria há pouco mais de seis anos, A Sátira se desenvolveu para se tornar uma rede de bares e restaurantes com ampla carta de vinhos e espumantes, além gastronomia diferenciada.

No ano passado a empresa anunciou um investimento de R$ 5 milhões para ampliar sua atuação, com foco em expansão de seu modelo de atuação para outros estado além de Minas Gerais.


Leia mais:

Cervejaria catarinense Layback fatura R$ 60 milhões no ano de 2022


Cervejaria Dogma ganha nova fábrica de R$ 2 milhões em São Paulo (com infográfico)


A Sátira está terminando o ano com 3 destilados lançados. O gin London Dry, (eleito o melhor do Brasil e um dos melhores do mundo pelo World Gin Awards), o gin New Navy e ainda o whisky Single Malte.

Produzindo para suas casas próprias há quase dois anos, as bebidas começam agora a chegar às gôndolas de supermercados.

A expansão na diversificação de bebidas da Sátira coloca no horizonte ainda a produção de vodka e cachaça e até mesmo vinhos para um longo prazo.

Em algumas casas da Sátira os destilados chegam a representar 15% a 20% do faturamento de acordo com publicação do Diário do Commercio.

Expansão de casas próprias da Sátira para fora de MG

O investimento em casas próprias também se mantém dentro dos projetos da companhia. Uma nova unidade em um será aberta na capital Belo Horizonte no primeiro semestre de 2023.

Após esta unidade a Sátira focará na extrapolação das fronteiras mineiras e pretender abrir casas próprias em Brasília (DF), Goiânia (GO) e São Paulo (SP). O período projetado para que se dê essa expansão vai até o ano de 2024.

Atualmente a Sátira conta com cinco casas na capital mineira.

Receba semanalmente o melhor conteúdo sobre o mercado de cerveja

Sobre o autor

Felipe Freitas é engenheiro químico, mestre em Gestão da Inovação Tecnológica pela EQ/UFRJ e analista do mercado de cervejas.