Three Monkeys Beer leva sua Classic IPA para long necks

Na busca de conveniência de consumo, a cervejaria carioca Three Monkeys Beer leva sua Classic IPA para versão long neck

A embalagem tem papel estratégico na construção do portfólio de uma cervejaria ao endereçar de forma mais apropriada as diversas ocasiões de consumo do produto.

Enxergando essa variável, a cervejaria carioca Three Monkeys acaba de lançar a versão long neck para seu rótulo Classic IPA.

A decisão segue uma tendência que ganhou espaço em 2019, a migração das cervejas de menor complexidade dos portfólios das cervejarias artesanais para embalagens de consumo ocasional e individual como garrafas e latas de menor volume.

Como exemplos desse movimento recente estão as long necks da Belo Horizontina e Capitão Senra da mineira Backer e as garrafas 300 ml dos rótulos Weiss, Cristal e American IPA da cervejaria Baden Baden, uma marca da multinacional Heineken.

Leia mais:

Bar no rio ganha nanofábrica com investimento coletivo inovador

É interessante observar como este movimento faz parte da reacomodação de estilos anteriormente tidos como de topo do segmento há alguns anos atrás que passam a frequentar situações de consumo mais usuais, principalmente do público mais experimentado com as cervejas artesanais.

A utilização de embalagens de menor volume só são atraentes para produtos com bom patamar de comercialização, uma vez que que são necessários ganhos de escala para que a faixa de preço do produto se enquadre num custo/benefício por unidade que seja interessante para o público consumidor.

Receba semanalmente o melhor conteúdo sobre o mercado de cerveja

Sobre o autor

Felipe Freitas é engenheiro químico, mestre em Gestão da Inovação pela EQ/UFRJ
Sommelier e especialista em marketing de cervejas