Brooklyn Brewery cresceu 50% no Brasil no último ano

Publicidade
A Brooklyn Brewery Brasil, subsidiária da cervejaria nova-iorquina, avançou suas vendas no país em 2019.

O ano de 2019 foi de expansão de vendas da Brooklyn Brewery no Brasil com incremento de 50% do seu volume comercial no país.

A subsidiária brasileira da cervejaria norte-americana tem como principais mercados no Brasil os estados de São Paulo, Rio de Janeiro e Paraná.

Publicidade

As operações da Brooklyn no Brasil são realizadas em parceria com a cervejaria curitibana Beer Maniacs.

A Maniacs, que sempre esteve envolvida com a distribuição das importações da americana no país, passou a partir de 2018 a produzir os produtos da Brooklyn nacionalmente em sua fábrica no Paraná.


Leia mais:

Dogma investe R$ 2 milhões para construção de fábrica própria em São Paulo


Cervejaria Brooklyn anuncia produção no Brasil


Com a decisão da produção nacional de cervejas da Brooklyn, que atualmente conta apenas com os rótulos Brooklyn Lager e Brookln East IPA, os produtos puderam contar com mesmo frescor e padrão internacional da cervejaria, além de um maior potencial de redução de preço.

Inaugurada nos final dos anos 1980, a Brooklyn, diferente da imensa maioria das microcervejarias americanas, desde muito cedo investiu em uma expansão internacional e possui presença relevante na Europa, Ásia e também na América do Sul com a unidade brasileira.

Para o avanço nestas localidades a estratégia da Brooklyn sempre conta com parceiros locais que possuem maior conhecimento de particularidades da região, além de relacionamentos comerciais que permitem maior eficiência na capilarização de sua distribuição.

Um das grandes forças da Brooklyn no Brasil é seu histórico no país combinado com a grande presença de brasileiros nos EUA, essa dinâmica acaba por potencializar o contato do público com a marca que iniciou a pouco tempo a oferta de visitas a sua fábrica em Nova Iorque em português.

Fora as gigantes multinacionais, praticamente nenhuma cervejaria possui uma presença internacional tão extensa quanto a Brroklyn Brewery sendo uma das únicas exceções a escocesa Brewdog.

Receba semanalmente o melhor conteúdo sobre o mercado de cerveja

Sobre o autor

Felipe Freitas é engenheiro químico, mestre em Gestão da Inovação pela EQ/UFRJ
Sommelier e especialista em marketing de cervejas