Brooklyn Brasil lança lager em lata e anuncia novos rótulos em 2020

Brooklyn Brasil amplia seu investimento em latas no país e trará novos rótulos em 2020

A americana Brooklyn comunicou que passará a produzir o seu rótulo Brooklyn Lager na sua versão em lata no Brasil. A decisão segue a tendência já iniciada com a East IPA no país.

Lançada na década de 90, a Brooklyn Lager é uma referência para a marca abrangendo uma diversidade grande de gosto do público, porém curiosamente o Brasil é o único país onde ela perde em vendas para a East IPA.

Com produção na fábrica da curitibana Maniacs através de uma parceria que também inclui comercialização e distribuição de seus rótulos, a Brooklyn tem investido no Brasil há alguns anos e é a microcervejaria dos EUA com maior presença internacional, estando presente também na Ásia e Europa.

“Há uma visão, cada vez mais desmistificada, que as melhores cervejas artesanais vêm em garrafas. Mundialmente, no entanto, é muito comum ver grandes cervejarias optando pela lata: além de ser mais prática para transporte, o formato também preserva mais o frescor e as propriedades da bebida” explica Iron Mendes, CEO da Brooklyn Brasil e da cervejaria curitibana Maniacs, responsável pela produção dos rótulos da empresa norte-americana no país – através de um meticuloso e criterioso processo de controle de qualidade em parceria com a equipe de Nova Iorque para garantir a preservação do sabor único das cervejas da marca.

Leia mais:

Bar no rio ganha nanofábrica com investimento coletivo inovador

No Brasil, a versão em lata da Brooklyn Lager já está disponível em supermercados e casas especializadas. “Com a versão em lata, passamos a ter os dois rótulos mais vendidos da Brooklyn – East IPA e Lager – disponíveis neste formato para os nossos clientes”, conta Iron.

Posicionamento de preço é um desafio para Brooklyn no Brasil

Com marca bem comunicada, principalmente entre consumidores mais experientes, um dos desafios para Brooklyn Lager é se encaixar numa faixa de preços mais competitiva.

O produto terá um preço de R$ 12,90 em mercados e lojas especializadas e o mercado brasileiro vive um momento onde cervejas do segmento artesanal estão ficando cada vez mais competitivas em embalagens de menores volumes.

O mercado de cerveja artesanal tem crescido, no Brasil, em média 20% ao ano, mas ainda representa uma share tímido da ordem de 3% a 4%. Segundo pesquisa do Sebrae/PR em parceria com a Procerva, dentro deste nicho apenas 6% optam pelo envase em lata. Na prática, segundo Mendes, isso tem explicação: os altos volumes necessários para este tipo de envase.

Adicionalmente ao anúncio da Brooklyn Lager em lata a cerveja comunicou que passará a produzir no Brasil seus rótulos Sorachi Ace e Defender IPA, inicialmente apenas em chope.

Receba semanalmente o melhor conteúdo sobre o mercado de cerveja

Sobre o autor

Felipe Freitas é engenheiro químico, mestre em Gestão da Inovação pela EQ/UFRJ
Sommelier e especialista em marketing de cervejas