Estrella Galicia alcança lucro de $114 milhões e tem o melhor resultado de sua história

O grupo Hijos de Rivera, dono da Estrella Galicia, realizou apresentação de resultados revelando crescimento em vendas e alcance de lucro recorde

No início deste mês a empresa Hijos de Rivera, holding da marca de cerveja Estrella Galicia, compartilhou seus resultados financeiros para o ano de 2023 além das expectativas da empresa diretamente da Espanha.

O grupo ampliou volume de vendas e também encontrou cenário ecônomico mais favorável e se aproximam da marca de 1 bilhão de euros de faturamento que tem como uma de suas metas.

A companhia fechou 2023 com um lucro depois de impostos de 107 milhões de euros (cerca de 114 milhões de dólares), 27,8% a mais que em 2022, com a venda de 520 milhões de litros de cerveja e 230 milhões de litros de água.

O lucro recorde contou com a contribuição da queda acentuada dos preços da energia, fazendo a empresa regressar à trajetória de rentabilidade alcançada antes de 2022.


Leia mais:

Estrella Galicia anuncia fábrica de R$ 2 bilhões no Brasil


Sistem Coca-Cola passa a distribuir Estrella Galicia no Brasil


Na apresentação foi detalhado que a empresa atingiu 829 milhões de euros em faturamento, mais do que 14,5% em comparação ao ano anterior, aproximando-se do da marca de 1 bilhão de euros.

A venda de 520 milhões de litros de cerveja , significou um aumento de 5,3% contra 2022, e 230 milhões de litros de água, representou um crescimento de 5,5% no mesmo período.

Crescimento da Estrela Galicia continua apontando para internacionalização

A apresentação mencionou queparte do crescimento atual veio através da tomada de volume de concorrentes na Espanha, e que boa parte do seu crescimento futuro será por meio das exportações.

No mercado internacional reconheceram que ainda há muito a fazer, já que 90% das vendas ainda são feitas em Espanha.

A Hijos de Rivera, fez grandes progressos na internacionalização com parcerias no Reino Unido , Alemanha ou Brasil, estando presentes em 73 países, e garantiu que a quota de mercado cresceu 0,7%.

Especificamente no caso brasileiro a empresa garantiu um contrato de distribuição com o sistema Coca-Cola num projeto de expansão da presença da Estrella Galicia, buscando crescimento que acompanhe o avanço do mercado de cervejas premium no país.

No entanto, entrevistas recentes revelam que o projeto da fábrica de Estrella Galícia no estado de São Paulo foram pausadas, visando priorizar investimentos de sua nova fábrica na Espanha e também uma ampliação de vendas no Brasil que justifique o investimento no ativo.

A nova fábrica de Estrella Galicia na Espanha, que será a maior fábrica de cervejas do país, ficará no parque industrial de Morás, em Arteixo (La Coruña) e está prevista para ficar pronta no início de 2025, um investimento inicial de 175 milhões de euros que deverá chegar a 270 milhões.

Com a nova fábrica a marca poderá dar vazão ao crescimento de vendas na Europa que se encontra engargalado.

No Brasil a Estrella Galícia tem seu carro chefe produzido sob licença através de uma cervejaria no estado de São Paulo, a empresa também conta com importação de rótulos de menor volume de vendas.

Receba semanalmente o melhor conteúdo sobre o mercado de cerveja

Publicidade
Publicidade

Sobre o autor

Felipe Freitas é engenheiro químico, mestre em Gestão da Inovação Tecnológica pela EQ/UFRJ e analista do mercado de cervejas.