Cerveja Praya cresce em 2019 e espera duplicar vendas no verão

Com foco em sustentabilidade e eventos Cerveja Praya cresce 120% em 2019 e já chega a 2 mil pontos de vendas

Nascida em 2016 a cerveja Praya continuou ampliando seu volume de vendas em 2019 crescendo 120% durante primeiro semestre do presente ano em relação a 2018 e esperar atingir o dobro de vendas no verão.

Um dos focos da Praya este ano foi investir na expansão para o interior paulista e para estados da região Sul, como Santa Catarina e Paraná.

A Praya nasceu da união de quatro amigos. O então surfista e base jumper Marcos Sifu se juntou aos amigos Duda Gaspar, Paulo De Castro e Tunico Almeida para formar a empresa. gostava de cervejas a base de trigo, porém achava elas pesadas demais para o clima brasileiro. Após desenvolver inúmeras receitas, surgiu a Witbier Praya que foi produzida inicialmente na fábrica da cervejaria Antuérpia em Juiz de Fora (MG).

Diferentemente de cervejarias ciganas do Rio de Janeiro iniciadas na mesma época a Praya optou por uma estratégia focada num só estilo de cerveja investindo em marca, crescimento de volume e diversidade de embalagens. Atualmente a Praya oferece seu produto no formato chope, garrafa long neck (355 ml) , garrafa 600 ml e lata 269 ml.

Leia mais:

Bar no rio ganha nanofábrica com investimento coletivo inovador

O crescimento de volume de produção que em 2019 é esperado atingir em média 120 mil litros por mês permitiu a Praya atingir uma escala condizente para a variabilidade de embalagens que apresenta e ao mesmo tempo alcançar um posicionamento de preço próximo ao das cervejas do segmento premium, onde a construção de marca permite colocá-la num bom grau de competitividade com rótulos das grandes cervejarias.

Com isso a Praya ocupa um espaço intermediário entre a segurança de conhecimento que consumidores possuem em relação a cervejas de grandes grupos e a complexidade de cervejarias artesanais com portfólio mais diversificado e maiores preços.

Praya já atinge 2 mil pontos de venda pelo Brasil

Graças a uma parceria firmada com a Empresa Brasileira de Distribuição (EBD), umas das maiores distribuidoras do País, hoje a cerveja Praya está presente em 2 mil pontos nos estados do Rio de Janeiro, São Paulo, Paraná, Santa Catarina, Belo Horizonte e acaba de chegar em Brasília. Um salto considerável para quem contava com 200 pontos há dois anos. “O crescimento do segmento artesanal também ajudou” diz Tunico Almeida um dos sócios da marca.

Leia mais:

Hocus Pocus já produz 100% de suas cervejas em sua nova fábrica

A Praya nasceu com valores e missão bem definidos, que acompanham a estilo de vida de seus fundadores. Assim, a marca está atrelada à diversidade brasileira, ao esporte e à saúde. Para isso, a cerveja apoia diversas iniciativas como a festa de carnaval Baile do Encanto e a exposição Um Olhar da Praya, que envolve novos e veteranos fotógrafos com suas respectivas visões sobre praias. Todas elas são baseadas nos pilares que envolvem brasilidade, qualidade a preço acessível, natural e ecológica e diversidade.

Na racionalização de operações promovida pela Praya em 2019 ocorreu a migração da terceirização de produção da cerveja para uma fábrica no Paraná visando otimização logística na cadeia do produto.

“Levamos a nossa produção para o estado e tivemos um ganho logístico devido à proximidade da fábrica com as praças da região Sul e Sudeste, mas pretendemos estar em todo o Brasil”, afirmou Tunico Almeida, em publicação recente ao portal Terra.

Receba semanalmente o melhor conteúdo sobre o mercado de cerveja

Sobre o autor

Felipe Freitas é engenheiro químico, mestre em Gestão da Inovação pela EQ/UFRJ
Sommelier e especialista em marketing de cervejas