Cervejaria Viela

Foto: Site da Cervejaria Viela

Publicidade
Cervejaria Viela de Belo Horizonte cria produtos em lata através de parceria numa série de adaptações de seu negócio à quarentena

A Cervejaria Viela, que foi fundada em 2017 na capital de Minas Gerais e construiu toda uma estrutura de serviço com um modelo de negócio de vendas diretas através de bar (o Juramento 202) e restaurante (o Cozinha Tupis) próprios, decidiu aderir a utilização de latas para suas cervejas.

A transição para este modelo de embalagem tem sido uma tendência entre cervejarias que operavam no sistema de atendimento direto ao público, como parte da adaptação para vendas a distância, conforme a Catalisi já havia apontado anteriormente em uma publicação.

Publicidade

No caso das latas da Cervejaria Viela, chama atenção o investimento numa parceria para conseguir uma solução mais rápida e acessível para adentrar no novo formato de embalagem e também a construção de um produto que conseguiu transmitir a marca que o negócio tem se dedicado a construir.

A cervejaria mineira, num caminho distinto da maior parte das cervejarias artesanais brasileiras, desenvolveu uma linguagem que se distancia de uma identidade mais ligada ao mercado estrangeiro e tenta se aproximar da cultura de boteco nacional, sem deixar de buscar agregar valor para o seus produtos.


Leia mais:

Petroleum é Nosso – Filme relata a evolução do mercado de cerveja artesanal no Brasil


Como a cervejaria americana Trillium adapta seu taproom para operação online


Para conseguir investir num modelo de envasamento de forma mais acessível a Cervejaria Viela estabeleceu uma parceria com produtora de chás alcoólicos mineira Xeque Mate, que já trabalha com latas e utilizou os serviços de uma empresa de envase móvel.

O produto foi batizado como Latas da Sorte e visualmente carrega o apelo retrô e descomplicado da Viela junto com ilustrações e mensagens desenvolvidas pela cervejaria.

As latas possuem formatos de 350 ml e 473 ml com estilos que incluem Kveik, Sour e Blonde Ale com Brettanomyces com preços que variam de R$ 8,35 a R$ 11,10.

Com a adoção da nova embalagem a cervejaria oferece mais conveniência para escolha, armazenamento e consumo de seus clientes e ganha maior potencial de otimização do estoque e distribuição do produto.

Além das Latas da Sorte a Viela também possui um clube de garrafas retornáveis e venda de queijos artesanais mineiros, todos disponíveis através de seu site

A Cervejaria Viela tem sido uma das impulsionadoras da revitalização de áreas urbanas de Belo Horizonte através de atração de público e de novos negócios para regiões onde opera e já foi escolhida por duas vezes melhor bar e melhor cervejaria da cidade pela Revista Veja.

Receba semanalmente o melhor conteúdo sobre o mercado de cerveja

Sobre o autor

Felipe Freitas é engenheiro químico, mestre em Gestão da Inovação pela EQ/UFRJ
Sommelier e especialista em marketing de cervejas