Cervejarias independentes contribuíram com US $ 79,1 bilhões na economia dos EUA em 2018

As cervejarias artesanais independentes contribuíram com 79,1 bilhões de dólares na economia americana de acordo com a Brewers Association.

A indústria cervejeira artesanal continua contribuindo fortemente para a economia dos EUA, evidente pelo Relatório de Impacto Econômico de 2018 , divulgado recentemente pela Brewers Association (BA), a associação comercial sem fins lucrativos dedicada a cervejarias americanas pequenas e independentes. A análise destaca o impacto nacional total, além dos dados econômicos, das cervejarias artesanais para todos os 50 estados.

Em 2018, as cervejarias artesanais pequenas e independentes contribuíram com US $ 79,1 bilhões para a economia dos EUA, cerca de 0,4% do produto interno bruto. Os números de 2018 marcam um aumento de 4% em relação a 2017, destacando o desempenho constante do setor em todo o país. 

O cálculo é derivado do impacto total da cerveja fabricada por cervejeiros artesanais à medida que se move pelo sistema de três níveis (cervejarias, atacadistas e varejistas), bem como de todos os produtos que não são cerveja, como alimentos e mercadorias vendidos em restaurantes e taprooms de cervejarias

Em 2018, a indústria cervejeira artesanal forneceu 559.545 empregos no total, com 150.055 empregos diretamente em cervejarias. Além disso, mais de US $ 5 bilhões em salários e benefícios foram fornecidos aos funcionários da cervejaria até 2018.

“Com pequenas cervejarias em todos os estados e quase todos os distritos do país, as cervejarias artesanais são uma parte vital e crescente da economia nas cidades e vilarejos de todo o país”, disse Bart Watson , economista-chefe da Associação de Cervejeiros numa declaração oficial. 

“Os amantes de cerveja estão gastando seu dinheiro apoiando pequenas e independentes cervejarias em suas comunidades locais e em todo o país, e seu impacto positivo é evidente em todo o país.” complementa o economista.


Leia mais: Califórnia se torna primeiro estado americano com mais de 1.000 cervejarias


Nacionalmente, a BA declara que existem mais de 7.500 cervejarias em operação, enquanto o Departamento de Comércio e Tributação de Álcool e Tabaco (que realiza os registros legais das cervejarias) diz que existem mais de 10.000 licenças de cervejaria. 

Só em 2018 entraram em operação nos EUA 856 cervejarias artesanais independentes. Do volume total de cerveja produzido nos Estados Unidos (estimado em 214 milhões de hl) apenas 0,6% é produzido por 75% das cervejarias do país.

As cervejarias artesanais independentes americanas, para um efeito de comparação, têm um share consolidado de mercado (13,2 %) superior ao grupo Heineken nos Estados Unidos (cerca de 5%).


Leia mais: O ranking em vendas das IPAs no primeiro semestre nos Estados Unidos


Uma cervejaria artesanal (de acordo com os critérios da BA) média americana produz cerca de 47 mil litros de cerveja por ano. Uma em cada oito cervejas atualmente vendidas nos EUA são de cervejarias artesanais pequenas e independentes, e uma em cada quatro dólares é gasto em cerveja artesanal, de acordo com o estudo publicado pela associação.

Com o amadurecimento do mercado de cerveja artesanal norte-americano a taxa de abertura de novas cervejarias tem se reduzido, mas ela se mantém acima da taxa fechamento de cervejarias que se encontra em cerca de 3%.

Os 5 principais estados por contribuição econômica (2018)

  1. Califórnia, US $ 9,0 bilhões
  2. Pensilvânia, US $ 6,3 bilhões
  3. Texas, US $ 5,1 bilhões
  4. Nova York, US $ 4,1 bilhões
  5. Flórida, US $ 3,6 bilhões
     

Os 5 principais estados por contribuição per capita para maiores de 21 anos (2018)

  1. Colorado, US $ 780 (US $ 3,3 bilhões)
  2. Vermont, US $ 756 (US $ 362 milhões)
  3. Oregon, US $ 674 (US $ 2,1 bilhões)
  4. Pensilvânia, US $ 657 (US $ 6,3 bilhões)
  5. Maine, US $ 631 (US $ 656 milhões)

Receba semanalmente o melhor conteúdo sobre o mercado de cerveja

Sobre o autor

Felipe Freitas é engenheiro químico, mestre em Gestão da Inovação pela EQ/UFRJ
Analista de comercialização e logística, sommelier e especialista em marketing de cerveja.