Estrella Galícia trará seu programa de aceleração de startups ao Brasil

Cervejaria espanhola do grupo Hijos de Rivera trará seu programa de aceleração de startups chamado The Hop no segundo semestre ao Brasil.
Iniciativa visa atrair soluções inovadoras para a cadeia da cervejaria

No último dia 11 a cervejaria espanhola Estrella Galicia apresentou em São Paulo seu programa de aceleração de Startups, o The Hop, que buscará empreendedores brasileiros no segundo semestre.

No programa The Hop by Estrella Galicia empreendedores trabalharão juntos e farão parte do ecossistema da Estrella Galicia, escrevendo um caminho em que todos atingem seus objetivos. A meta principal  do programa é promover ecossistemas de inovação e criação aberta que cubram integralmente a cadeia de valor da empresa, impactando todas as suas áreas.

No The Hop Program serão escolhidas 5 startups, uma para cada área estratégica da empresa, onde serão feitas sessões de mentoria, treinamento e suporte do time da Estrella Galicia e mentores do mercado. Além disso, as startups escolhidas no pitch imergirão no ambiente da cervejaria e aprenderão sobre a sua cultura e os 100 anos de tradição no mercado cervejeiro.

Edição anterior do The Hop já premiou startup brasileira

O programa The Hop já teve uma edição realizada na Espanha que acelerou startups com foco em monitoramento de dados, sistemas de entrega rápida e recrutamento de talentos, e auto-serviço por exemplo.

Um dos destaques foi a escolha da empresa brasileira Flexsas para um projeto voltado para a otimização logística das operações da Estrela Gallicia.

Leia também: Infográfico: Brasil atinge marcade 1000 cervejarias

Com sede em São Paulo, a Flexsas tem um modelo similar ao Airbnb, mas focado em armazenamento. Eles têm mais de 2.000 armazéns cadastrados em seu site.

Com um projeto chamado Micro hubs, a Flexsas criou para a Estrella Galicia uma rede de micro-hubs de armazenamento nos estados da Bahia e de Pernambuco. Desta forma, a marca encontrou uma maneira de levar seu produto para a área, otimizando custos e acelerando a distribuição, graças à atomização dos pontos de armazenamento.

Cervejarias têm buscado soluções inovadoras em startups

A revolução digital, que têm influenciado uma série de indústrias, aos poucos ganha espaço na cadeia da cerveja tanto para grandes players quanto para microcervejarias.

Leia também: Goose Island e startup reciclam 7 toneladas de vidro em projeto em SP

A AB Inbev através de seu braço de inovação e crescimento, ZX Ventures, já possui um trabalho de alguns anos na área, mirando na aquisição e incubação de uma série de novos negócios. De cervejarias a sistemas de avaliação de cerveja.

Pequenas cervejarias também têm tido acesso a soluções de startups, como a anunciada recentemente pela ABRACERVA, que oferta um sistema de localização de disponibilidade de produtos no varejo para seus associados, que desta forma podem comunicar de forma mais eficiente aos consumidores onde encontrar uma determinada cerveja.

Fique online com nossas publicações. Curta nossa página no Facebook!

Receba semanalmente o melhor conteúdo sobre o mercado de cerveja

Sobre o autor

Felipe Freitas é engenheiro químico, mestre em Gestão da Inovação pela EQ/UFRJ
Sommelier e especialista em marketing de cervejas