Presidente da Abracerva pede renúncia e dá início a transição

Publicidade
O presidente da Abracerva – Associação Brasileira de Cerveja Artesanal – pede renúncia para abrir caminho para transição para novo momento na entidade

O presidente da Abracerva – Associação que defende os interesses da cadeia da cerveja artesanal independente brasileira – Carlo Lapolli renunciou ao cargo na noite desta quarta-feira (03/09).

O fato ocorre pouco tempo depois do vazamento de mensagens suas classificadas como preconceituosas pelo próprio ex-presidente num grupo de Whatsapp. Este grupo se tornou um tema de debate devido a chegada ao conhecimento público do teor de mensagens ligadas a profissionais do mercado de cerveja artesanal com teor racista e misógino, levando ao questionamento do tema em relação ao meio cervejeiro.

Publicidade

Inicialmente Lapolli descartou a renúncia, porém posteriormente divulgou aos associados sua decisão de saída apontando que não deseja que o ocorrido seja motivo de deslegitimação da associação a qual dedicou três anos de trabalho.

Junto ao ex-presidente deixam os respectivos cargo os integrantes da diretoria da Abracerva e abrem espaço para um período de transição para ampliar a repesentatividade na gestão da entidade, colocados como necessário pelo próprio Lapolli.


Leia mais:

Infográfico: 1º primeiro Censo da Cervejarias Independentes do Brasil


Infográfico: Market Share da venda de cervejas no Brasil em 2019


Sob a gestão de Lapolli a Abracerva registrou momentos de diversos avanços para o mercado de cerveja artesanal. Como destaque estão a criação de diversos escritórios regionais, capilarizando a atuação da Abracerva, a publicação de um novo padrão de qualidade que ampliou o potencial de inovação da cerveja, a criação da Câmara da Cerveja que estreitou o diálogo das entidades da cadeia da cerveja com o Poder Federal.

Entre as últimos avanços importantes estão ações ligadas aos temas relacionados com os debates recentes com a criação de um Núcleo de Diversidade em moldes parecidos com a norte-americana Brewers Association e a promoção do projeto de Código de Ética da entidade para desenhar uma linha de conduta para os participantes da associação

Como presidente interina assume o cargo a sommelière pernambucana Nadhine França que é atualmente lidera o Núcleo de Diversidade da entidade.

Ainda hoje (03/09) será publicado edital visando novas eleições para a Abracerva. As chapas podem se inscrever até 3 de outubro e o pleito, realizado online, será em 15 de outubro.

Receba semanalmente o melhor conteúdo sobre o mercado de cerveja

Sobre o autor

Felipe Freitas é engenheiro químico, mestre em Gestão da Inovação pela EQ/UFRJ
Sommelier e especialista em marketing de cervejas