Publicidade
A CBCA, holding das cervejarias Leuven, Schornstein e Seasons irá anunciar em breve a inclusão de mais uma cervejaria no grupo

Na semana passada, durante live de apresentação do seu primeiro programa de trainees, o CEO da Companhia Brasileira de Cerveja Artesanal (CBCA), Gustavo Barreira, comentou que será anunciada a entrada de mais uma cervejaria no grupo.

A próxima cervejaria a ingressar na companhia será a quarta da empresa que tem pouco menos de 2 anos e demonstra o objetivo de expansão acelerada de sua atuação que busca apresentar uma operação a nível nacional.

Continua após a Publicidade

A CBCA nasceu em outubro de 2019 a partir da fusão das cervejarias Leuven de Piracicaba em São Paulo com a Schornstein de Pomerode em Santa Catarina em outubro de 2019 buscando sinergia de operações multiregionais.

Ampliando esse objetivo em abril de 2020 a cervejaria gaúcha Seasons se uniu ao grupo ampliando a diversidade de portfólio e de posicionamentos de marca e ainda consolidando uma atuação forte no sul sudeste.


Leia mais:

Cervejaria Seasons se funde a CBCA


O que esperar do mercado de cerveja em 2021


Adicionalmente, no ano passado a CBCA incluiu em suas aquisições a distribuidora Fábrica 75, por entender que ter uma parcela de seus produtos através de distribuição própria traria sinergias para sua estratégia de operação

“Tem mais um M&A [fusão e aquisição] anunciado na nossa base de investidores, mas a gente não pode ainda comunicar, infelizmente. Mas a gente tá em etapa de diligência, que vem uma terceira fábrica pra dentro da CBCA” declarou Barreiras na live sobre o programa de trainee do grupo.

Quando no anúncio inicial da criação da CBCA a empresa já havia manifestado sua intenção de ampliar seu raio de operações para o nordeste incluindo uma cervejaria da região que se alinhasse no propósito e estratégia da companhia.

Portanto, provavelmente o anúncio da próxima cervejaria incluída deverá ser a de uma atuante no nordeste o que seria bastante interessante do ponto de vista de oferta de produtos de suas cervejarias da região sul no mercado nordestino, quanto também da disponibilização dos produtos da nova entrante no mercado do sul/sudeste.

Vale perceber que a nova inclusão beneficia a CBCA tanto do ponto de vista de escala total de produção, o que pode ser muito interessante tanto na negociação de contratos de fornecimento quanto na eliminação do frete como um elemento de custo e operacional, uma vez que produtos podem ser produzidos em diversas fábricas diferentes.

Nenhuma data ainda foi comunicada oficialmente para o anúncio mas todas as demonstrações dadas pela empresa apontam que ele ocorrerá em muito breve.

Grupos como a CBCA, formados por um conjunto de microcervejarias independentes, encontram paralelos no mercado americano o que contribuiu bastante para que algumas cervejarias fossem mais competitivas no grande varejo e também para ampliar operações numa perspectiva nacional.

Sobre a CBCA

A Companhia Brasileira de Cerveja Artesanal nasceu com o objetivo de fortalecer e fazer mais pela cerveja de qualidade. Com sedes em Piracicaba (SP) e Pomerode (SC), mantém em seu portfólio três das mais admiradas marcas do mercado de cervejas especiais, reconhecidas pelo seu potencial de inovação, além de inúmeros prêmios nacionais e internacionais. Seja aumentando produção ou maximizando a capacidade de distribuição, a CBCA quer alcançar mais consumidores em todo país, levando produtos de excelência e com preços competitivos a mais mercados.

Receba semanalmente o melhor conteúdo sobre o mercado de cerveja

Publicidade
Publicidade

Sobre o autor

Felipe Freitas é engenheiro químico, mestre em Gestão da Inovação pela EQ/UFRJ
Sommelier e especialista em marketing de cervejas