Way Beer investe em IPA para alcançar expansão de vendas em São Paulo

Publicidade
Way Beer desenvolve Session IPA homenageando cidade de São Paulo visando expandir vendas exclusivamente na capital paulista

A cervejaria Way Beer, localizada em Curitiba no Paraná, lançou recentemente a cerveja IPA Sampa, uma Session IPA produzida exclusivamente para vendas na cidade de São Paulo

A cerveja homenageia a capital paulista e revela uma tendência que tem ganho espaço entre cervejarias de diferentes portes de produção pelo Brasil, que é o desenvolvimento de produtos com foco em vendas em uma região específica através através de uma identidade que se comunique com o consumidor local.

Publicidade

A IPA Sampa, que está disponível em garrafas de 600ml e possui 5,4% de graduação alcoólica e 38 IBU, revela como produto duas características recentes que são bastante reveladoras de como tem se desenvolvido o mercado de cervejas artesanais no Brasil.

Uma delas é a contínua ascensão das IPAs como um estilo que ganha popularidade entre o público e tende a cada vez mais encontrar espaços fora de nichos específicos relacionados a cerveja artesanal e ganhar consumidores ocasionais de uma maneira mais abrangente.


Leia mais:

O que esperar do mercado de cerveja em 2021


Cervejaria Dogma ganha nova fábrica de R$ 2 milhões em São Paulo (com infográfico)


Nessa trajetória as chamadas Session IPAs tem um papel interessante por guardar características sensoriais destacadas, enquanto é mais leve e possui menor teor alcoólico que outros tipos de cerveja do estilo.

“A Session IPA é um pouco mais refrescante do que uma IPA tradicional, com um teor alcoólico um pouco menor, mas não perde as principais características e a potência do lúpulo”, comentou Alessandro Oliveira, mestre cervejeiro da Way Beer, num comunicado oficial sobre o produto.

As IPAs tem forte potencial de se tornarem uma espécie de “segundo patamar” na mente dos consumidores após o rótulo “puro malte”, como uma espécie de identificador de uma cerveja que apresenta características diferenciadas e qualidade acima da média das cervejas de massa.

Isso ocorre por diversos motivos. Entre eles estão o fácil reconhecimento sensorial apresentado pela presença de lúpulo e o próprio nome do estilo que é curto e descomplicado para entendimento e memorização das pessoas. No mercado americano isso tem levado as IPAs para um cenário de cada vez mais alta concorrência em grandes redes do varejo, como já mencionamos anteriormente quando publicamos sobre o ranking das IPAs mais vendidas nos EUA.

“IPAs são algumas de nossas especialidades, e há muito desejávamos homenagear a maior cidade do país com um rótulo especial, assim nasceu a IPA Sampa, com 5,4% de graduação alcoólica e 38 IBU. Uma receita com elevada drinkability sem abrir mão da complexidade de aromas e sabores”, completou Oliveira sobre o novo produto.

O segundo fator que chama atenção é a posição de maior relevância no mercado de cerveja que São Paulo tem passado a ocupar nos últimos anos num ponto de vista nacional. Numa transição de percepção que em geral associava cervejas de maior valor agregado com a região sul do país, principalmente devido a tradição alemã fortemente presente.

Isso certamente está entre os fatores que motivaram uma cervejaria paranaense como a Way a desenvolver um produto para vendas exclusivas na capital paulista, adicionando no portfólio uma cerveja com foco em maiores volumes comerciais fora do seu cenário local.

Nos últimos anos, principalmente no eixo sul-sudeste tem aumentado bastante o número de cervejarias artesanais que tem buscado atingir vendas em São Paulo tanto para agregar reconhecimento quanto para buscar um público mais amplo que já esteja habituado a incluir cervejas diferenciadas na sua cesta de compras

A IPA Sampa, novo produto da Way Beer, custa a partir de R$ 18 e está disponível nas principais casas de cervejas artesanais e bares de São Paulo (SP). Mais informações no site www.waybeer.com.br ou no perfil oficial da cervejaria no Instagram (@way_beer).

Receba semanalmente o melhor conteúdo sobre o mercado de cerveja

Sobre o autor

Felipe Freitas é engenheiro químico, mestre em Gestão da Inovação pela EQ/UFRJ
Sommelier e especialista em marketing de cervejas