Destilados da cervejaria Backer. Fonte: Instagram da cervejaria Backer

Após lançar gim e whiskey em 2018, a cervejaria mineira anuncia que expandirá o portfólio no segmento aproveitando o crescimento deste mercado.

A cervejaria Backer de Belo Horizonte entrou no segmento de destilados artesanais em 2018 ao lançar o gim Lebbos, que leva adição de flor de lúpulo e também o whiskey single malt 3 Lobos.

Os produtos têm conseguido espaço no mercado, sendo que o whiskey da cervejaria foi inclusive premiado recentemente na London Spirits Competition, ganhando uma medalha de bronze no consurso.

O mercado de destilados artesanais têm ganho espaço no Brasil, em especial o gim que têm aumentado seu consumo entre o público num fenômeno que têm acompanhado uma tendência mundial chamada de ginaissence.

A Backer parece determinada em investir no segmento anunciando recentemente novos lançamentos em seu portfólio de destilados

Em artigo no portal mineiro Hoje em Dia, o gerente comercial e de eventos da cervejaria, João Roberto Pires declarou que em breve a empresa expandirá sua linha de destilados passando a contar a também com uma vodka.

Atualmente, num nível mensal, a Backer fabrica 3 mil litros de gim e 2 mil litros de whiskey, segundo a reportagem, o equivalente a 36 mil litros e 24 mil litros por ano, respectivamente. A marca decidiu apostar na destilaria após uma série de pesquisas em mercados internacionais. 

Leia também: Consumo de álcool cai no mundo em 2018, gin cresce no Brasil

Backer, além da vodka, vai lançar um novo whiskey

“Vimos que era uma tendência mundial e decidimos investir”, pondera Pires sobre a produção que diversificou o portfólio da empresa.

A onda do gim têm ganho um apelo junto ao público também devido ao número reduzido de calorias apresentado pela bebida, o que tem aumentado o público jovem com perfil fitness que consome a bebida.

Nos EUA o mercado de destilados artesanais é o segmento de bebidas alcoólicas com maior taxa de crescimento em anos recentes. O movimento de crescimento do segmento têm motivado investimentos de cervejarias americanas como Rogue Ales e Dogfish Head em destilados artesanais.

Adicionalmente ao gim, numa reportagem veiculada no início do mês pelo portal Exame, a fundadora da Backer e diretora de marketing Paula Lebbos anunciou que a empresa também contará com um novo whiskey em 2020 que será um single malt turfado, que apresenta características de notas defumadas.

“Decidimos que tínhamos tudo para ampliar nosso portfólio e aumentar a produtividade” , declarou Paula na reportagem ao se referir ao segmento.

Receba semanalmente o melhor conteúdo sobre o mercado de cerveja

Sobre o autor

Felipe Freitas é engenheiro químico, mestre em Gestão da Inovação pela EQ/UFRJ
Analista de comercialização e logística, sommelier e especialista em marketing de cerveja.