A cervejaria cigana paulista La Caminera avança para vendas diretas ao público com seu primeiro taproom na capital paulista.

A cervejaria cigana com base em São Paulo La Caminera, que significa um termo em espanhol para se referir à bebida que você pede quando está indo embora de algum lugar, levando-a pra te fazer companhia no seu caminho, abre neste sábado (30/11) o seu primeiro taproom da marca.

A casa contará com 13 torneiras e fica localizada no bairro Alto de Santana, na zona norte da capital paulista, berço da marca que completou um ano.

De acordo com Kauê, um dos sócios da La Caminera, o espaço foi planejado e decorado por eles mesmos e uma grande ajuda de seu pai, que organizou e ajudou desde o início.

“A ideia já era antiga e após alguns meses planejando e buscando um imóvel que comportasse toda nossa estrutura e espaço para um bar, partimos para a ação. Com a minha ajuda e o know how do meu pai para executar todo o projeto, além das artes do meu primo Caio Bless, em dois meses de trabalho colocamos o nosso bar em pé. O desafio maior foi tocar todo o dia a dia da empresa com dois lançamentos seguidos, Ronin e Apache, junto com toda reforma do nosso novo espaço. Mas muito felizes pelo resultado!” comenta o fundador da La Caminera.

O mercado de cervejarias ciganas em São Paulo tem sido marcado pelo gradual avanço de algumas cervejarias para modelos um pouco mais complexos, sendo que o taproom costuma ser um dos primeiros passos nesse sentido.

No caso da La Caminera não haverá produção no local, sendo toda a cerveja da marca ainda produzida de forma terceirizada e que agora passará também a abastecer a nova casa da marca.


Leia também:

Ciganas do Rio investem em taproom em containers


Taproom oferecem vantagens e desafios para ciganos

A medida que mercados de grandes cidades como São Paulo tem ganho uma profusão acelerada de cervejarias ciganas a questão de competitividade e saturação da oferta acaba por se tornar um obstáculo para o giro de comercialização de pequenas cervejarias.

Uma das alternativas para que ciganas se diferenciem nesse mosaico de opções reside na possibilidade da cervejaria ter um local próprio, que a abrigue não só suas cervejas mas também a sua marca.

Logo, o grande potencial de um taproom não se encontra apenas em possuir torneiras que sempre contem com sua cerveja, mas que através de elementos visuais, sonoros e qualidade de serviço sua marca seja comunicada aos visitantes e agregue valor ao seu produto.

A La Caminera investiu nesses elementos ao incluir na decoração do espaço uma arte inspirada no afresco icônico do teto da Capela Sistina, “A Criação de Adão”, de Michelangelo, indicando que uma nova história vai começar. As mãos, ligadas pela bússola logo da La Caminera, são uma marca registrada do artista plástico e grafiteiro Caio Bless.

Entretanto as benesses de um taproom não vem sem um custo, pois as cervejarias ciganas que adotam este modelo passam a contar com outros custos fixos muito além de seus originais além de passar a incluir a complexidade de serviço e atendimento de clientes finais dentro do suas atividades.

Na estratégia da La Caminera para o espaço, além No taproom, das 13 torneiras, variando entre cervejas próprias e convidadas, a casa vai servir Gin Tônica e algumas opções de vinhos. Para acompanhar as bebidas haverá tábuas de queijos e embutidos.

Sobre a La Caminera

A La Caminera surgiu quando o Kauê e o Marcito, que já tinham tido um primeiro contato com cerveja caseira em 2012, se uniram em 2016 para começar as experiências nas panelas. Depois de muitas receitas e madrugadas de trabalho, surgiu a oportunidade de ir pro mercado e contar algumas histórias.

La Caminera é um termo em espanhol para se referir à bebida que você pede quando está indo embora de algum lugar, levando ela pra te fazer companhia no seu caminho! Como os dois sempre gostaram de sair de qualquer lugar com uma cerveja na mão, decidiram contar histórias de caminhos do mundo através das cervejas. Sendo assim, unindo arte, cultura, história e entretenimento em cada gole e proporcionando boas conversas de bar!

A inauguração acontece no dia 30/11, às 13h, e a entrada é gratuita. O endereço da La Caminera é na Praça Dr. Antônio Mercado, 34, no bairro Alto de Santana, em São Paulo.

Receba semanalmente o melhor conteúdo sobre o mercado de cerveja

Sobre o autor

Felipe Freitas é engenheiro químico, mestre em Gestão da Inovação pela EQ/UFRJ
Analista de comercialização e logística, sommelier e especialista em marketing de cerveja.