Publicidade
Dados consolidados revelam quais foram as maiores cervejarias em volume de produção ao redor do mundo. Conheça os 15 primeiros nesse infográfico.

O grupo multinacional BarthHaas, com sede na Alemanha e dedicado ao mercado de lúpulos, anualmente publica uma série de dados que incluem os maiores produtores de cerveja do mundo.

Os dados referentes ao ano de 2019 (portanto refletindo um mundo pré-pandemia) acabaram de ser consolidados e publicados em outubro deste ano, e ganharam um infográfico exclusivo desenvolvido pela Catalisi.

Continua após a Publicidade

A lista das maiores cervejarias do mundo muda muito pouco em um curto intervalo de tempo, por se tratar de dados de conglomerados estabelecidos através de anos de expansões, fusões e aquisições e em sua maioria possuem atuação multinacional.

A maior parte destas empresas travam uma competição de mercado a nível global ou ao menos continental, o que movimenta imensas cadeias de suprimentos e recursos financeiros para viabilizar seus negócios.


Leia mais:

Brasil se torna o maior mercado da Heineken no mundo


Ball anuncia nova fábrica de latas de R% 500 milhões no Brasil


A Europa é a sede da maioria destas companhias, porém nos últimos anos o crescimento de muitas cervejarias asiáticas têm se destacado, principalmente devido ao fato de que a cerveja é uma bebida recente para muitos desses países tendo ganho maior investimento em produção nos últimos 50 anos.

As 5 primeiras na lista das maiores cervejarias do mundo

Entre as 5 primeiras posições das maiores cervejarias do mundo nenhuma mudança ocorreu, com a liderança ficando com a AB InBev, dona da brasileira Ambev, que possui sede em Leuven na Bélgica. A gigante responde por cerca de 29% da produção de cerveja do mundo.

A holandesa Heineken permanece na segunda posição e subiu cerca de 0,3 pontos percentuais na sua participação na produção mundial de cerveja, respondendo por 12,6% do volume produzido da bebida no planeta.

A terceira posição fica com a chinesa Snow que responde por 6% da produção mundial, sendo seguida pela dinamarquesa Carlsberg e completando as cinco primeiras a norte-americana Molson Coors, dona de marcas como as cervejas Miller e Blue Moon.

O Brasil aparece no ranking da décima-primeira posição com o Grupo Petrópolis, o único da lista sediado no país e que já ocupa esta posição há alguns anos.

Confira abaixo o infográfico com as 15 primeiras posições desta lista. Para visualizar em um maior tamanho clique sobre a imagem.

Receba semanalmente o melhor conteúdo sobre o mercado de cerveja

Publicidade
Publicidade

Sobre o autor

Felipe Freitas é engenheiro químico, mestre em Gestão da Inovação pela EQ/UFRJ
Sommelier e especialista em marketing de cervejas